27 de jul de 2010

No mundo virtual


As luzes se acendem.
As pessoas nem sabem mais o que falar.
As mãos são sempre a voz, as letras sem sentimento.
Todos esquecem como é o contato real.
O mundo agora é virtual.
Você nunca nem ouviu a voz de quem está ao seu lado.
Tudo é mais fácil aqui.
Ninguém precisa saber quem você realmente é.
O amor agora é virtual, você finge que ama, ele finge que sente.
As lágrimas não caem mais em público.
Lêem, mas não sabem, não vivem.
Você não fala, não ouve, não chora, não sorri.
Você não é humano.
É bem mais fácil assim, ninguém vai saber quem você é.
Os amigos? É pra isso que existem as comunidades virtuais!
Você não precisa mais sair de casa, nem se preocupar com nada.
Você agora é imortal!
Se não gosta mais de alguém, basta deletá-lo.
Se quiser namorar, basta um clique.
Não se come, não se fala, não se beija.
Pra quê a boca serve mesmo?
Você tem o mundo inteiro na sua frente.
Não precisa de mais nada!
Continue assim.
É a forma menos dolorosa de suicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo seu comentário.
Volte sempre! ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...