27 de jan de 2011

A pessoa certa

Na verdade eu não sei direito o que está acontecendo.
Tantas coisas estranhas, tantos constrangimentos.
A nova vida perfeita traz problemas para a vida de antes.
Eu não posso sequer falar o que penso;
tenho medo do que as pessoas podem fazer de mim.
Eu só queria que tudo ficasse bem,
que eu tivesse forças para mudar as coisas.
Agora me vejo assim, sem encontrar uma saída,
sem saber uma maneira de não magoar ninguém.
Droga de jeito de ser esse meu.
Tão estranha, me envolvo demais, me deixo demais.
E não entendo o que os outros querem
 e sempre acho que não me querem.
O que sei é que não existe pessoa capaz de me entender;
até eu já cansei de tentar.
O mundo só não poderia desmoronar agora.
E se eu pudesse, voltava no tempo
 só para me esconder,
para tentar não me aproximar de ninguém,
não acabar com ninguém.
Eu não faço bem às pessoas.
Eu não sou a pessoa certa.

4 comentários:

  1. Toda pessoa errada um dia descobre que é certa pra alguém.

    Até um relógio quebrado está certo duas vezes ao dia. ;]

    ResponderExcluir
  2. Belas palavras, Fernando.
    Admiro muito você e seu trabalho.

    Obrigada pela visita.

    =)

    ResponderExcluir
  3. vc deixa de ser a pessoa errada quando alguém aceita teus 'erros' e defeitos.

    bom, não acredito nesse lance de 'pessoa errada'. mas acho interessante a maneiros como vc reflete sobre as coisas.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo seu comentário.
Volte sempre! ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...